Como manter o controle da ejaculação precoce e como a telemedicina pode resolver o problema?

2023-01-01

Dos sintomas da ejaculação precoce, o principal deles é a incapacidade de o homem manter o controle sobre o ato ejaculatório.

Geralmente, ele acontece antes de completar 2 minutos de penetração. A maioria dos homens que sofre com esse problema não consegue segurar por mais de um minuto.

Porém, ela não é considerada precoce apenas quando no ato sexual. A masturbação também pode configurar um distúrbio, caso o homem não consiga controlar por muito tempo.

Além disso, ela pode ser de diferentes tipos. Existe mais de uma classificação de acordo com a formação do problema.

  • Ejaculação precoce primária: é classificada como primária quando acompanha o homem desde o início de suas atividades sexuais;
  • Por outro lado, é classificada como secundária quando tem início ao longo da vida, sendo que o homem já tinha o poder de controlar a ejaculação antes. Ela é decorrente principalmente da ansiedade;
  • Ejaculação precoce situacional: esse tipo de ejaculação precoce é um pouco mais específico e o homem não precisa se preocupar tanto. Ele ocorre em situações casuais, por exemplo, com uma mulher específica, caso o homem se sinta nervoso em sua presença;
  • Subjetiva: ocorre quando o homem consegue atingir o orgasmo depois dos dois minutos, mas ainda assim, não consegue ter o controle total sobre a ejaculação.

Começando e parando - mantendo o controle

ejaculação precoce

Esse método é bem parecido com o de cima, com a diferença que o homem não precisa necessariamente apertar a região.

Ele pode se estimular com a masturbação mesmo, por exemplo. Quando sentir que está prestes a ejacular, deve parar o movimento imediatamente e esperar cerca de um minuto.

Passado esse tempo, ele pode recomeçar os movimentos. Isso também ajudará a manter o controle sobre a situação.

Remédios para ejaculação precoce

Existem diversas classes de remédios que podem ajudar a controlar este distúrbio. Um deles é o de antidepressivos.

Isso porque esses remédios contêm substâncias que ajudam o homem a controlar e retardar o tempo para ejacular.

No entanto, antidepressivos são medicamentos muito fortes e que podem causar alguns efeitos colaterais severos.

Além disso, eles só podem ser utilizados sob prescrição médica. Por isso, jamais faça uso da automedicação.

Outra forma menos agressiva de tratar esse problema é utilizar pomadas que diminuem a sensibilidade na região da glande. Preservativos também diminuem a sensibilidade e podem ajudar neste processo para evitar a ejaculação precoce.

Saiba mais: os cuidados com a alimentação na terceira idade

Remédio natural para ejaculação precoce

Se você não gosta de utilizar medicamentos alopáticos nos seus tratamentos, existem algumas formas naturais de combater esse problema.

Claro que esses tratamentos não são garantia de nada, visto que a ejaculação precoce é um problema derivado de múltiplas causas.

O homem tem a ereção a partir do momento em que o sangue é direcionado para os corpos cavernosos.

Se houver um estímulo na região, o problema pode ser atenuado. Por isso, apostar em alguns alimentos que ajudem o sangue a preencher os corpos 

cavernosos podem resolver esse problema. Confira abaixo algumas receitas caseiras para combater o problema!

1- Açafrão com gengibre e leite

O leite em si não colabora em nada para esse processo. Ele só serve para formar a base da mistura entre os outros dois ingredientes.

O açafrão e o gengibre são vasodilatadores e estimuladores sexuais. Por isso, a mistura pode ajudar a combater esse problema.

Além disso, o gengibre ajuda a aumentar a sensibilidade na região peniana, o que aumenta a capacidade do homem de manter a ereção por mais tempo.

2- Uso de alecrim

O alecrim também é uma erva poderosa nesse sentido que pode ajudar o homem a controlar esse problema.

No entanto, ele não deve ser ingerido. O ideal é que o homem faça banhos de assento.

Para tanto, é necessário separar uma porção de alecrim, ferver e colocar a mistura em uma bacia, para que o homem possa repousar sobre ela.

Essa erva possui uma ação relaxante nos órgãos genitais, e ajuda a combater esse problema, já que diminui a ansiedade e o estresse físico.

Conclusão

ejaculação precoce

Apesar de a ejaculação precoce ser um problema muito recorrente, seu tratamento é relativamente simples.

Quanto mais rápido o indivíduo com o distúrbio consultar um médico, mais rápido poderá resolver o problema.

Embora esse assunto ainda seja um tabu, caso você sofra de ejaculação precoce, não tenha vergonha de procurar ajuda médica.

Até porque, a ejaculação precoce por si própria não representa um perigo para o corpo, mas os motivos que deram origem a esse problema podem ser mais complicados do que o próprio distúrbio.

Pode ser apenas que você não esteja se alimentando da forma correta, ou que esteja estressado nas últimas semanas, mas a ejaculação precoce também pode indicar o início de uma possível depressão.

E se for esse o caso, quanto mais tempo demorar para consultar um médico, mais grave a situação pode ficar. Em relação ao uso de preservativos, além de ele diminuir a sensibilidade, existem alguns tipos no mercado que possuem substâncias químicas que ajudam a retardar a ejaculação e prolongar a ereção.

É uma solução mais simples, mas pode ser igualmente eficaz. Sem contar que ao usar preservativos, podem ser evitadas a gravidez indesejada e a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

Você sofre ou já sofreu com esse problema? Se sim, saiba que a telemedicina pode ajudar você! Sabia que existe tratamento de urologia à distância? Você sequer precisa sair de casa para fazer um tratamento. Clique aqui e entenda mais sobre a telemedicina para urologia.

Consultar plano
Buscar plano
Duvidas?

Fale com nossos atendentes!

0800 600 5058
Redes sociais

Estamos em todas as plataformas!

Vital Card Schultz Turismo Schultz Vistos