Patrimônio da UNESCO: 5 Lugares Incríveis

2023-01-01

Em 2022 a lista de patrimônio da UNESCO completa 50 anos. Neste artigo vamos mostrar um pouco sobre o que é o patrimônio da UNESCO, seu intuito, bem como, alguns dos patrimônios mais incríveis.

Ah, e também vamos saber um pouquinho da história da UNESCO. Com isso, será possível entender um pouco mais da importância da lista dos patrimônios.

Sobre a UNESCO

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization), é uma agência da ONU. Com sede em Paris, ela foi fundada em 1945 com o intuito de contribuir para a paz e segurança do mundo através da educação, ciência e, bem, cultura.

O trabalho da UNESCO abrange muita coisa, principalmente através das mais de 300 ONGs oficiais. Mas, para o intuito desse texto, vamos falar sobre como elas chegaram a definir os patrimônios.

            Patrimônio Mundial

Apesar da lista de Patrimônio Mundial estar completando agora em 2022, a história de proteção da UNESCO começa em 1959. No ano, o Egito iniciaria a construção da Represa de Assuão. Mas a construção da barragem inundaria um vale com diversos tesouros da civilização antiga. Por exemplo, o templo de Abul-Simbel. A UNESCO, então, fez uma campanha mundial de proteção ao templo e junto com 50 países diferentes, arrecadou – na época – cerca de 40 milhões dólares. Com este dinheiro, então, o templo foi movido e remontado peça a peça em um ponto mais elevado.

Fazendo então que a represa fosse construída sem destruir este patrimônio histórico da humanidade.

Mas foi somente em 1972 em uma convenção geral que um texto foi aceito pelos países signatários. Dando, então, inicio ao patrimônio mundial. O Brasil é signatário da convenção desde 1978.

O intuito da Convenção de Patrimônio Mundial

O nome completo é a Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial Cultural e Natural. Com o nome já podemos ter uma firme ideia do intuito dessa convenção de patrimônio mundial. Que é, basicamente, a conservação de monumentos da humanidade, sejam eles construídos pelo Homem ou pela própria natureza. Há também os patrimônios mistos.

Todos os anos ocorrem sessões para os países membros apresentarem extensos dossiês para inscrição de diversos locais. Nos quais a UNESCO avalia a elegibilidade de cada um. O que acaba gerando uma crítica em torno do processo. Apesar de serem 191 países participantes, o processo é caro. Portanto, o número de patrimônios em países desenvolvidos é muito superior ao restante.

Veja, por exemplo, por região:

RegiãoPatrimôniosPorcentagem aprox. do total
África968%
Estados Árabes867%
Ásia e Oceania26823%
Europa e América do Norte52947%
América Latina e Caribe14112%

Sem mais delongas, vamos ver 5 patrimônios da UNESCO mais inacreditáveis. Separamos um de cada região acima.

Patrimônio da UNESCO: África

Casa dos escravos na ilha de Gorée, em Senegal. Patrimônio mundial da UNESCO
Essa é a Maison des Esclaves, e ao fundo a "porta sem retorno".

O patrimônio da UNESCO escolhido para este artigo foi a Ilha de Gorée (também chamada de Goreia). Na costa de Senegal, frente a Dacar, essa ilha foi um dos maiores centros de comércio de escravos entre os séculos XV e XIX. Hoje em dia, devido a sua história, Gorée é patrimônio cultural mundial da UNESCO desde 1978. 

Dentre os diversos lugares que se pode visitar em Gorée, o principal talvez seja a Casa dos Escravos, Maison des Esclaves. Atualmente um museu e memorial, este local mostra as atrocidades cometidas durante séculos. Dentre eles está a chamada “porta sem retorno”, por ela passavam os escravos rumo aos navios e ao novo mundo.  A Casa dos Escravos recebe cerca de 200 mil visitantes por ano. E diversas pessoas importantes visitaram-na, como Barack Obama e Nelson Mandela.

Patrimônio da UNESCO: Estados Árabes

Foto de Tassili n'ajjer no deserto do saara
Paisagem comum no parque nacional Tassili n'Ajjer, com as pedras arenosas.

Esse patrimônio da UNESCO tem um nome complicado: Tassili n’Ajjer. O Tassili n’Ajjer, é um patrimônio cultural e natural da UNESCO desde 1982, e está localizado na Argélia. E ele é um dos sítios arqueológicos mais importantes do mundo. Pois através das mais de 15 mil gravuras de arte rupestre, podemos aprender sobre a vida dos humanos que caminhavam pelo planeta há mais de 10 mil anos antes de Cristo.

Além disso, pelo parque estar localizado no deserto do Saara, a geologia do Tassili n’ Ajjer é muito interessante. Por ter seu horizonte repleto de arenito (como as pedras do Parque Estadual de Vila Velha no Paraná), a erosão criou pedras de diversos formatos, que fazem o deserto parecer cenário de filmes de ficção científica!

Patrimônio da UNESCO: Ásia e Oceania

por do sol em uma praia no fiji
Infelizmente não encontramos uma foto livre de Levuka livre de direitos autorais. Portanto, que tal curtir essa foto do pôr-do-sol em uma das praias do Fiji?

Na ilha de Ovalau, no Fiji, está localizada cidade portuária história Levuka. Inscrita desde 2013, essa cidade é um passeio no século XIX. Não somente por causa das construções do próprio século, mas também porque a própria população (de menos de 2000 habitantes), resolveu manter o estilo de arquitetura.

Junto com as montanhas no fundo e o oceano, a cidade possui um charme singelo. E um dos melhores exemplos das construções históricas em Levuka, é a Igreja do Sagrado Coração. Com altura de 24 metros e construída em 1858, a torre do relógio da igreja também serve como um farol para os navios.

Patrimônio da UNESCO: Europa e América do Norte

Foto de uma das ilhas Revillagigedo no México
Aquela pedra ao fundo é um dos pontos de mergulhos das ilhas Revillagigedo.

Já ouviu falar nas ilhas Revillagigedo? Bem, inscrita desde 2016, este arquipélago mexicano também é uma reserva marinha. Próximo ao Cabo de San Lucas, essa ilha de formação vulcânica (com dois vulcões ainda ativos), possui, além de paisagens exuberantes, uma vida marinha muito rica.

Tão rica que, inclusive, junto com Fernando de Noronha, é um dos melhores pontos de mergulho do mundo! Além da biodiversidade, é um ponto de conservação para diversas espécies. Por exemplo, pássaros marinhos e diversas espécies pelágicas grandes. Tais como mantas e baleias.

Patrimônio da UNESCO: América Latina e Caribe

foto panorâmica da ilha de galápagos
Talvez só pela paisagem já dá pra imaginar a biodiversidade presente em Galápagos!

Finalizando nossa lista com um dos patrimônios aqui “perto” de casa. Bem como, de muito mais fácil acesso para nós do que estes outros quatro. E o escolhido foi a Ilha de Galápagos. Que além de possuir uma biodiversidade praticamente sem igual, é peculiar pois é lar de muitas espécies endêmicas. Por exemplo, as famosas tartarugas de galápagos. Essa “tartaruguinha” chega a ter um comprimento superior a 1,80 metros e pesa até 400 quilos! Além disso, vivem perto dos dois séculos. Uma delas, inclusive, chegou a ser bichinho de estimação de Charles Darwin, a tartaruga Harriet. Nascida em 1830 e faleceu em 2006.

Falando em Charles Darwin, por causa da biodiversidade das ilhas galápagos. Ela é o principal laboratório vivo de biologia do mundo. Bem como, como esperado, as paisagens em Galápagos também são lindas.

Finalizando

Este foi um artigo que apenas arranhou a superfície das maravilhas destes locais. Locais tão importantes para o nosso mundo, sejam eles naturais ou por sua história. Locais que atestam a beleza da natureza, bem como, a engenhosidade humana e, também, nossos momentos de maior alegria ou maior tristeza. Preservá-los e celebrá-los é preservar e celebrar a própria vida.

Quer saber mais sobre a lista de patrimônios? Você pode ver ela acessando este link.

E vai viajar? Então não esqueça de viajar bem protegido com o seguro viagem Vital Card!

A leitura acabou, mas que tal ler sobre um dos patrimônios mundiais presentes aqui no Brasil. Clique aqui e descubra!

Consultar plano
Buscar plano
Duvidas?

Fale com nossos atendentes!

0800 600 5058
Redes sociais

Estamos em todas as plataformas!

Vital Card Schultz Turismo Schultz Vistos